16 de agosto de 2016

Restaurante Shigueru, São Paulo

Para quem realmente gosta de comida japonesa tradicional, esse é o lugar. Peixes frescos, sushis e sashimis perfeitos, invenções que passam longe do cream cheese e maionese (thanks God!) e atendimento impecável, são apenas alguns dos fatores que me fizeram ser uma cliente assídua, há mais de 2 anos.
Quando cheguei no Shigueru, eu ainda não comia alguns tipos de peixes e outros ingredientes da culinária japonesa. Certamente o frescor dos alimentos ali expostos e servidos, me proporcionou tal segurança para que eu experimentasse (quase) tudo.

Palmas para o maravilhoso uni na colher (ovas de ouriço do mar), que vem temperado com pimenta, cebola roxa, cebolinha e flor de sal. Para harmonizar, peça um chardonnay que irá acompanhar muito bem essa iguaria.

Não deixe de pedir o sushi de zukê (atum marinado) que vem acompanhado de cebolinha e pimenta biquinho. Dispensa shoyo e aposto que vc não vai conseguir comer um só!

O atendimento fica por conta da equipe maravilhosa, que se desdobra para fazer com que vc se sinta em casa.

Nas fotos (pela ordem):

- Shigueru San

- shushi de vieira e sushi de zukê

- sushi de serra

- sushi de toro

- uni na colher

- sushi de pargo

- sashimi de buri toro

- sushi de tako (polvo)

- tempurá de shissô com salmão / atum, ovas e ovo de codorna

- sashimis diversos do "combinado take"(maguro, buri, carapau e garoupa)

SHIGUERU SUSHI
http://www.shiguerusushi.com.br/
Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 275
Itaim Bibi







Restaurante - Torero Valese, São Paulo

A primeira vez que fui no Torero Valese, foi em uma das edições do Restaurante Week. Me lembro de ter ficado impressionada com a qualidade da paella oferecida naquela ocasião e resolvi voltar muitas outras vezes. Posso dizer com toda segurança que sempre me surpreendo com os sabores desse pequeno e charmoso restaurante, mesmo já conhecendo a maioria dos pratos lá servidos.

Começando com as famosas tapas, todas fresquinhas e bem servidas, vale a pena pedir uma taça de vinho branco para acompanhar - sempre tem uma boa opção na carta para harmonizar com essas delícias.


O polvo refogado no alho com tomate cereja e aspargos, vem no ponto perfeito e acompanha um pãozinho francês torrado ideal para dar aquela "raspadinha" na panela e não desperdiçar o azeite que fica no fundo.











Os pratos principais também são muito bem elaborados e bem servidos. Destaque para o risoto de frutos do mar, com o arroz "al dente" como deve ser e extremamente saboroso.



O atendimento é feito sempre pelos mesmo simpáticos e atenciosos garçons que estão na casa há bastante tempo. Vira e mexe o chef e dono da casa, Juliano, senta nas mesas e bate papo com os clientes.

TORERO VALESE
http://www.torerovalese.com.br
Rua Horácio Lafer, 638 - Itaim Bibi

27 de julho de 2016

Restaurante Mocotó, São Paulo























Eu sempre digo que esse lugar é a Disneyland dos adultos, com uma diferença: aqui vc se diverte, come bem e paga pouco.
O Mocotó é assim: despojado, delicioso. Um lugar para passar o dia na companhia de amigos, comer um monte de coisinhas gostosas, tomar cerveja e caipirinhas feitas com um arsenal de frutas e cachaças de dar inveja a qualquer bar.





O dadinho é um dos petiscos mais conhecidos, assim como o torresmo premium, que são pedidas certas todas as vezes que vou lá. Aliás, vale destacar que esse sim é torresmo, o resto é tentativa.











Já a carne de panela na cumbuquinha (porção individual, aperitivo) e a mocofava são os meus prediletos e são perfeitos para comer em pé enquanto se aguarda uma mesa.


Chegue cedo, encoste no balcão e passe o dia lá comendo e brindando a vida, que é boa demais!












16 de setembro de 2015

Para Começar: Por que "melhor comida do mundo"?



Sou apaixonada por gastronomia e vinhos. Gosto de comer, beber, viajar, estudar e de tudo mais que a vida possa proporcionar. Esse blog é a forma de registrar tudo o que se passa durante a busca dos melhores pratos, vinhos e restaurantes no mundo.